DÚVIDAS FREQUENTES

DÚVIDAS FREQUENTES

Preciso ter telefone fixo em casa para assinar os planos da Provernet?

Não, como o sinal chega via wireless, não é necessário nenhuma interação com a rede telefônica local.

 

 Se chover vou ficar sem Internet?

Não, utilizamos equipamentos preparados para lidar com este tipo de situação. Além do mais a tecnologia em questão (IEEE 802.11a/bg) sofre pouca ou nenhuma interferência (no caso de equipamentos não-2.4GHz) de fenômenos meteorológicos. É mais fácil você ficar sem sinal por quedas de energia causadas pela chuva do que por interferências/interrupções diretas causadas pela tempestade em si.

Basta comparar o sistema com a TV ou rádio comum, que possuem tecnologias semelhantes às que utilizamos (utilizam ondas eletromagnéticas na transmissão em sua essência, variando basicamente apenas nas técnicas de modulação, frequências utilizadas e potência dos equipamentos).

Para não complicar muito, pense no seguinte: você fica sem TV quando está chovendo? (TV cujo sinal é transmitido por satélites diretamente ao seu equipamento ou se o sinal que chega à sua TV já é ruim não se enquadra nessa comparação).
Preciso assinar um provedor para ter a Internet da Provernet?

Não, não é necessário assinar nenhum tipo de provedor para autenticação.

 

Preciso comprar os equipamentos necessários (antenas, rádios, etc) para ter a Internet da Provernet?

Não, a Provernet disponibiliza todos os equipamentos em regime de comodato, ou seja, você não precisa comprar equipamento algum. Para redistribuição interna da internet, será necessário um roteador Wi-fi e/ou cabeado.

 

Posso compartilhar minha conexão?

Sim, fica a critério do cliente compartilhar sua conexão, mas a Provernet não dará suporte à problemas em rede locais domésticas. Tenha sempre em mente também que a velocidade será dividida entre os equipamentos conectados à conexão compartilhada.

 

 

Minha conexão funcionou bem por algum tempo, mas agora está ruim, o que fazer?

Como o link chega até sua casa através de uma antena, a mesma fica sujeita às intempéries do tempo (ventos, sol, chuva, desgastes). Caso ela esteja “desalinhada” por algum destes motivos a conexão apresentará problemas, portanto, entre em contato com o suporte técnico para avaliarem se este é o seu caso.

 

 

Estou sem conexão, como proceder?

O primeiro passo é certificar-se de que seu rádio está ligado.

Caso afirmativo, tente reiniciá-lo (ele pode estar “travado”), bastando para tanto retirar o cabo da fonte da tomada (é o cabo que acompanha o cabo UTP que chega até seu computador, um cabo azul), aguardar alguns segundos e religá-lo novamente à tomada. O equipamento leva cerca de 1 a 2 minutos para voltar a responder após este procedimento.

Se o procedimento acima falhar verifique se sua placa de rede foi desativada pelo sistema operacional (Windows), isso ocorre com certa freqüência.

Para efetuar tal verificação siga estes passos.

Se ainda assim você estiver sem conexão entre em contato com nosso suporte técnico.

 

Utilizo Linux no meu computador, minha internet irá funcionar?

Sim, a Provernet não exige de seus clientes que determinado sistema operacional seja utilizado, tanto Windows quanto Linux possuem os requisitos mínimos, que são suporte básico a redes e TCP/IP (RFC1180). Inclusive nosso suporte técnico está preparado para atendê-lo no caso de problemas (tanto Windows quanto Linux).

 

Desejo montar um (ou vários) servidor(es), precisarei dentre outras coisas de vários IP’s fixos válidos, banda adicional e configurações extras, como zonas DNS, reverso de IP’s, QOS, etc, é possível?

Sim, provemos soluções otimizadas para atender a todo tipo de cliente e necessidades. Entre em contato conosco.

 

Testei minha conexão com um desses medidores de velocidade na Internet e o resultado não é compatível com o plano que contratei, o que fazer?

Nenhum site ou programa para medir taxas de transferência (velocidades) é 100% confiável (muitos exibem resultados de transferências de dados que ficam em cache e mascaram as taxas reais).

O melhor método para verificar sua conexão é acessar algum site FTP com uma largura de banda maior que a sua e medir em tempo real as taxas de transferências. Além do mais a Provernet garante no mínimo 30% da banda contratada, mas a maior parte do tempo você navega a taxas próximas de 100% e em alguns momentos até mais que isso (se você acha 50% pouco vale lembrar que o maior provedor do estado de Minas Gerais garante 5 vezes menos, ou seja, apenas 10%). Se ficar constatado que a conexão realmente está com problemas, basta entrar em contato com nosso suporte técnico.

 

Entrei em contato com um concorrente e ele oferece planos mais baratos e vantagens adicionais.

Antes de mais nada, além de comparar os valores, compare também a qualidade do serviço prestado, a infra-estrutura da empresa em questão (você é convidado a visitar nossas instalações quando quiser) e principalmente, se este concorrente é um provedor autorizado/licenciado pela Anatel. Tal verificação pode ser feita no próprio site da Anatel. Se este concorrente não está nesta lista, ele provavelmente é um provedor que opera na ilegalidade (também conhecido como “pirata”).

É muito comum hoje em dia encontramos provedores “piratas” (que não possuem licença da Anatel para operar), eles não utilizam equipamentos homologados e revendem e/ou sublocam links de Internet de baixa qualidade de provedores de terceiros sem garantir banda alguma para o cliente. Passam boa parte do tempo fora do ar, prestam pouco ou nenhum suporte técnico, em alguns casos nem mesmo tem endereço fixo e correm o risco constante de serem lacrados (fechados) por fiscalizações legítimas da Anatel.

Não seja enganado. Diga NÃO à pirataria!

Como descobrir se esse provedor está sub-locando um link de um terceiro provedor de forma ilegal? Exemplo, ele está revendendo um Speedy Home da Telefônica?

Basta entrar em algum site que verifica o reverso do seu IP (http://www.meuip.com.brhttp://grc.comhttp://dslreports.com), isso é possível, pois eles utilizam NAT (mascaram os IP’s), já que não tem IP’s válidos disponíveis devido ao link adquirido. O IP que aparecer provavelmente é o IP do roteador/modem PPPoE/PPPoA que eles utilizam.
Para descobrir para quem foi designado o bloco utilizado, basta entrar no sitehttp://registro.br e procurar por “whois”. Tem que aparecer no resultado a empresa (com CNPJ e tudo mais) como entidade responsável pelo IP consultado (bloco/ASN), se NÃO aparecer o nome do seu provedor ou se aparecer algo em nome da Telefônica (ou Telesp) pode ter certeza de que ele está sub-locando um link de terceiros (enganando você), no exemplo citado, um Speedy, que por contrato não pode ser compartilhado.


digitalpixel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>